Akita – Cão de Guarda ou de Companhia ?

Pois bem é mais uma polêmica que se instalou já de muito tempo sobre a raça Akita. Ele é um cão de guarda ou de companhia?

 

O que posso afirmar mediante experiência própria, relatos de amigos, de clientes, em fóruns, listas é que o cachorro da raça Akita é um guardião de seu lar e dos que nele habitam fazendo assim as funções de CÃO DE GUARDA COM MAESTRIA.

É uma raça canina que tem como caracteristicas principais, ser extremamente territorial, ter um drive de caça muito apurado, ser um animal muito observador a ponto de distinguir o passante, do amigo do dono, do parente do dono, do leitor de luz, água ou carteiro, do inimigo real seja ele dissimulado ou não.

O Akita é um cão silencioso na medida de necessidade e da idade, como assim? É uma raça que late pouco naturalmente e quanto mais velho e experiente fica menos late, não costuma na guarda latir a toa, só se pretende alertar o dono ou afugentar o invasor, costuma escolher um local como ponto de observação, em geral de onde possa ver e ouvir o que acontece sem ter de se mover dali para isso.

Apesar de ser um cão muito independente e de personalidade forte, não dispensa a proximidade com a família, gosta sempre de saber onde o dono e seus familiares estão, se apega sempre mais a um dos membros da família, porém obedece os demais de igual forma, mantendo com um ou outro mais ou menos afinidade de acordo com o que lhe for informado com relação a hierarquia da MATILHA, como? Sim matilha, o cão é um animal de grupo, portanto precisa de regras de grupo para viver em harmonia dentro de sua família, seja ela canina ou humana.Mas isso é assunto para outro momento.

Um ponto que cativa a todos que tem um Akita é o fato de mesmo sendo um animal de porte grande, podendo chegar o macho aos 35/40 kilos e a fêmea entre 30/35 kilos em média e ter o porte bem parecido com o do Pastor Alemão o Akita, tem no seu porte muita nobreza, um que de realeza no olhar, dizem alguns mais poéticos que é o olhar dos Samurais, distante, frio, porém com algo de doce no brilho profundo de seus olhos castanhos escuros. O que posso dizer disso com conhecimento de causa é que o cão desta raça, nos é extremamente fiél, é dócil com os da casa, sendo por vezes meigo, atencioso, esta sempre pronto a checar se esta tudo bem ao redor dos donos, ciumento com os que ama, chegando a se interpor entre outro cão ou outra pessoa para receber seu quinhão de carinho e atenção, findo o qual se retira para o seu local de descanso sem muitas delongas.

É um animal de trato rústico e simples, não gosta de muitas frescuras, ficando muito a vontade com um local seco, coberto cimentado mesmo, ou com um gramado de grama fresquinha, onde possa tanto brincar e se exercitar, como descansar e observar o movimento diário da casa, com ração de primeria linha e muita água fresca a disposição por todo o dia. Uma boa escovada semanal é aconselhavel e deixa o pêlo em dia e bonito.

É extremamente aconselhavel o adestramento de obediência sempre com a presença do dono junto com o adestrador, se possivel que o adestrador ensine ao dono como conduzir e educar o cão, obtendo assim um resultado mais rápido e eficiente.

Por fim meus caros amigos, se o Akita é um cão de guarda? Melhor perguntar isso aos que já tentaram entrar em uma casa que tinha um ou mais Akitas soltos na propriedade, garanto que eles vão concordar e afirmar que sim, o Akita é um ótimo cão de guarda.

 

Roberto Bezerra da Silva – Administrador do site e Criador

Clube do Akita – O Guardião Japonês