Fogos e Animais

CUIDADOS COM OS FOGOS DE ARTIFÍCIO DURANTE AS FESTAS DE FIM DE ANO, JUNINAS, COPAS E EVENTOS. (HUMANOS E ANIMAIS)

Você tem um cão?
Ah, é um gato que você tem?

Se você não tem, algum parente, vizinho ou amigo seu tem, não?

Por favor, leia com atenção:

Fogos de artifício são responsáveis por acidentes dos mais variados tipos, principalmente com cães.

É grande o número de fugas e o consequente desaparecimento do animal, atropelamentos, ataques (investidas contra os próprios donos e outras pessoas), brigas (inclusive com outros animais com os quais convivem), mutilações em grades e portões, enforcamentos com as próprias coleiras, afogamentos em piscinas, quedas de andares e alturas superiores, aprisionamentos indesejados em porões e em lugares de difícil acesso, alem de paradas cardiorespiratórias, etc.

Em pânico, o animal desorientado entra em desarmonia com o ambiente. Isso não é bom para ele, e se tratando de cães de grande porte, passa a ser também muito perigoso para as pessoas e outros animais.

Procure evitar tudo isso garantindo condições mínimas de segurança, evitando ambientes conturbados e barulhentos (desde antes do espocar dos fogos), passe-lhe paz e tranquilidade, e a sensação de que tudo está bem e sob controle.

Reações de medo, susto e espanto demonstradas pelo(s) dono(s) e/ou outras pessoas, o deixarão inseguro, o que pode reverter em agressividade, fuga, e/ou farão com que ele procure tomar o controle da situação. Cães são lobos domesticados, que por natureza identificam e respeitam um lider. Não havendo o lider, ele o será. Situações de descontrole e desordem são propicias para que tente assumir a liderança. (( A voz de comando é o exemplo de liderança)).

As consequências dos acidentes, são serias mutilações e ferimentos, o aumento de animais perdidos nas ruas (vindo a somar com os que já são animais de rua), o que é um grave transtorno p/ aqueles que se dedicam a trabalhar com a causa), alem é claro, da dor da perda definitiva de um animal estimado.

Tudo isso pode ser evitado com prudência, atenção e um pouco de boa vontade.

Alguns veterinários aconselham o uso de tampões de algodão nos ouvidos que podem ser colocados minutos antes e tirados logo os fogos, assim como calmantes naturais que apresentam resultado bastante eficiente para os animais que historicamente apresentam o estresse. (consulte o veterinário)

Algumas dicas úteis:

  1. Acomodar os animais dentro de casa, em lugar onde possam se sentir em segurança, com iluminação suave e se possível um radio ligado com música com volume moderado;
  2. Fechar portas e janelas para evitar fugas e suicídios;
  3. Dar alimentos leves, pois distúrbios digestivos provocados pelo pânico podem matar (torção de estômago, por exemplo);
  4. Cobrir gaiolas de pássaros e checar cercados de animais (cabras, galinhas etc.);
  5. Cobertores pesados estendidos nas janela abafam o som, assim como cobertores no chão ou um edredom sobre o animal;
  6. Não deixar muitos cães juntos, pois, excitados pelo barulho, brigam até a morte. Tente deixá-los em quartos separados pois, na hora dos fogos, eles poderão morder-se uns aos outros, no desespero;
  7. Um pouco antes da meia-noite leve seu animal para perto da tv ou de um aparelho de som e aumente aos poucos o volume de tal forma que ele se distraia e se acostume com um som alto. Assim não ficará tão assustado com o barulho intenso e inesperado dos fogos;
  8. Procurar um veterinário para sedar os animais no caso de não poder colocá-los para dentro de casa. Animais acorrentados acabaram se enforcando em função do pânico;
  9. Alguns veterinários aconselham o uso de tampões de algodão nos ouvidos que podem ser colocados minutos antes e tirados logo após os fogos;
  10. Assim como calmantes naturais que apresentam resultado bastante eficiente para os animais que historicamente apresentam o estresse.

A a drª Martha Follain, aconselha também a administração de florais para esses casos. http://www.floraisecia.com.br/

PRATIQUE A POSSE RESPONSÁVEL DE ANIMAIS.

VAMOS PREVENIR?

CUIDADOS TAMBÉM COM CRIANÇAS E DULTOS. FOGOS DE ARTIFÍCIO CONTINUAM
MUTILANDO PESSOAS TODOS OS DIAS.