Jiin e Kira

Akitas
Jiin e Kira

 

Jiin e Kira – Os Guardiães da vida de Cláudia Fernandes e de seu marido David.

Na madrugada do dia 21/06/06 as 4:00 – escutei um latido do Kira bem longe, e como estava dormindo, escutava uns latidos bem de longe, e isso foi aumentando e fui despertando.
Quando sentei na cama , meio tonta, levantei com dificuldades, abri a janela e o Kira olhava para mim com cara de desespero e latia muito… não entendia o porque.

Então fui ao banheiro, passei uma água no rosto, ainda meio tonta, fui para a cozinha, tomei água, e comecei a ficar enjoada e com uma ânsia de vômito..fui até a área tomar um ar, e o Kira se jogava no portão que separa a área de serviço da área da garagem. Então senti uma dor no peito, e fui meio cambaleando para o banheiro. Sentei no vaso, e gritei varias vezes pelo nome do David. Que estava ferrado no sono…então a JIIN entrou no banheiro e eu disse: Jiin a mamãe esta passando muito mal!
Ela olhou para mim e saiu correndo.
Uns minutos depois escutei o David brigar com a JIIN.
Ele acordou e sentou na cama brigando com ela.
Então viu que havia luz no corredor e no banheiro, gritou meu nome e eu respondi que estava no banheiro passando mal.
Então ele levantou da cama e veio meio zonzo para o banheiro e disse:
Cachorra desgraçada, ela pisou em mim, e ficou fucinhando minhas costas e mordendo minha mão até eu acordar!
Então eu disse: David estou passando mal.Tem alguma coisa errada.
Ele nesse momento despertou de vez e olhou para mim e disse: tá passando mal?O que foi?
Eu descrevi que estava zonza, tontinha, meio abobada, que já havia vomitado, estava gelada, etc…
Pedi o termometro. Deu 34°C.
Então eu disse: vamos para o hospital.
Cheguei no hospital de madrugada, com 32°C de temperatura, 64 de batimento cardiaco, 60 de glicose e pressão 9×6.
Estava com hipotermia e hipoglicemia. Começaram a dar soro glicosado aquecido, para elevar a temperatura e a glicose.
Fui para a UTI (ou CTI),fiz ressonância, exames, etc… fiquei lá até de tarde, onde depois eu mesma me dei alta.
Resumindo – na sexta feira fui ao meu médico, que resumiu numa única frase:

Médico – Se teu cachorro não tivesse te acordado, o David teria acordado com um defunto na cama. Você estava morrendo por hipotermia!

Kira me salvou da morte e JIIN acordou o David para me ajudar!
Eu não teria acordado se o Kira não tivesse tido um ataque de latidos!
E sinceramente, hoje David seria um homem viúvo!

Fui salva da morte pelo meu guardião!

Estou escrevendo esse relato , pois é muito importante que a gente observe que nossos akitas tem uma sensibilidade maior que os outros cães e que devemos dar importância a qualquer mudança de comportamento.

Abs

Claudia Fernandes – Renascida!

O Clube do Akita pediu a permissão da amiga Cláudia Fernandes para publicar sua história para não só homenagear estes animais maravilhosos, como também para dar um exemplo claro de como eles são e podem ser importantes em nossas vidas, protegendo nossa casa, família ou vida.. Nós pobres mortais que achamos que sabemos tudo e tudo podemos, temos no relato da Cláudia um exemplo claro de amizade, amor e companheirismo a nós dedicados por nossos cães.Viva os Akitas!

Administrador

Leave a Comment